Tuesday, March 17, 2015

Sarau da Onça, Grupo Ágape e Galinha Pulando participam do Salão do Livro de Genebra

A periferia de Salvador invade a Suíça, pela porta da frente. Os coletivos Sarau da Onça e Grupo Ágape, do bairro Sussuarana, em Salvador-BA, são os parceiros da Editora Galinha Pulando e vão participar do 29º Salão do Livro e da Imprensa de Genebra (Suíça), que acontece entre 29 de abril e 04 de maio de 2015, no Palexpo, em Genebra. Durante o maior evento literário do país, brasileiros de todas as origens se encontram no estande Varal do Brasil, dirigido por Jacqueline Aisenman.
 
A editora Galinha Pulando vai lançar dois livros ilustrados pelo grafiteiro Zezé Olukemi: “A poesia cria asas”, do Grupo Ágape, com poemas de amor, de protesto e de desabafos de Maiara Silva, Mateus Silva, Joyce Melo, Sandro Sussuarana, Lane Silva, Evanilson Alves, Gleise Souza, Laiara Mainá, Larissa Oliveira, William Silva e Carol Xavier; e “Poesias ao Vento: vinte poemas de amor e uma crônica desesperada”, de Valdeck Almeida de Jesus, em português e espanhol, com tradução de Gladys Mendía e revisão de Julio César Bustos. O terceiro lançamento será a edição 2014 do “Prêmio Galinha Pulando de Literatura”, com capa de Fábio Haendel e contracapa de Rosana Griloni, e contém poemas de Carol Xavier, Patrick Lima, Varenka de Fátima Araújo, Osmar de Jesus, Galdy Galdino, Ndje Man Dieudonné François e outros.
 
O Prêmio Galinha Pulando completa dez anos e já lançou mais de 1600 poetas pelo mundo todo. O Grupo Ágape é formado por jovens com objetivo de levar poesia e arte a alunos de escolas públicas e outros espaços. Faz parte das atividades do Sarau da Onça, que tem participação do estudante de Serviço Social Sandro Ribeiro dos Santos (Sandro Sussuarana) dentro outros, e atua em Sussuarana nas dependências do Espaço CENPAH – Centro de Pastoral Afro, pertencente à Paróquia São Daniel Comboni, em Salvador-BA. A cada quinze dias são realizados saraus, apresentações musicais, leituras poéticas e canjas de hip hop e outras atividades culturais.
 
O Varal do Brasil é um projeto brasileiro e suíço, comandado por Jacqueline, brasileira de nascença e suíça por raízes de família. Inicialmente uma revista eletrônica, que continua funcionando, agora virou também livro e estande na maior feira literária da Suíça. Desde 2012 o grande banquete literário é servido entre autores de várias partes do mundo, fortalecendo o intercâmbio e a língua portuguesa.
 
Site do Salão do Livro: www.salondulivre.ch
 

Friday, January 30, 2015

Brasil será representado no Salão do Livro da Suíça

Varal do Brasil estará presente no 29º Salão do Livro e da Imprensa de Genebra (Suíça), que acontece de 29 de abril a 3 de maio, no Palexpo, em Genebra. Já estão confirmados Marcelino Freire, Ronaldo Correia de Brito e Cintia Moscovich.
O autêntico encontro entre editores, autores, promotores, distribuidores, mídias e outros atores do mundo literário e da cultura. Sua acessibilidade traz, a cada ano, a magia deste acontecimento contando com aproximadamente mais de 100.000 visitantes (mais de 20% da população da cidade de Genebra)
Convivial e festivo, o Salão do Livro de Genebra é um local onde visitantes de todas as idades e profissionais se encontram durante cinco dias para compartilhar e trocar ideias em torno de uma mesma paixão: a cultura através da leitura e da escuta de debates apaixonados, sem esquecer os encontros com mais de 500 autores presentes.
Visitantes de toda a Europa afluem para o Salão do Livro de Genebra!
O Varal do Brasil estará presente com um stand de cinquenta metros quadrados onde terá o prazer de apresentar a literatura brasileira e de língua portuguesa em geral, com os autores conquistando uma janela de visibilidade muito expressiva num dos mais renomados eventos literários da Europa.
Esta iniciativa, que conta já com vários autores confirmados, se fará num sistema de participação cooperativa. Infelizmente as vagas para as sessões de autógrafos e para exposição de livros no Salão serão limitadas.
Assim, selecionaremos os autores que desejarem participar deste sistema cooperativo. (A administração do Varal do Brasil se reserva o direito de recusar qualquer candidatura que não considere conveniente).
- Não é necessária a presença do autor para que seu livro esteja no Salão. O que é necessário é termos o livro do autor (Solicite através de nosso e-mail o regulamento para participação);
- A língua em que está escrito o livro não é o mais importante. O livro poderá estar em Português, Inglês, Francês, Espanhol, Italiano ou outra língua, ou mesmo ser bilíngue, em braile e etc..

Veja fotos de nossa participação nos anos anteriores em:

Esperamos contar com você, escritor (a)! Esperamos ter seu livro em nosso stand!
Para toda e qualquer informação escrever ao VARAL DO BRASIL por e-mail:
varaldobrasil@gmail.com



Tuesday, January 20, 2015

Valdeck Almeida de Jesus lança novo livro de poemas




Poesias ao Vento: Vinte poemas de amor e uma crônica desesperada, em português e espanhol, é a nova obra literária do poeta jequieense Valdeck Almeida de Jesus, que publica pela Galinha Pulando Editora. Nascido de uma visão ou um sonho, como resume o autor, a antologia de vinte textos curtos e de uma crônica, foi traduzida pela venezuelana Gladys Mendía e revisada pelo seu conterrâneo Julio César Bustos, e traz ilustrações e capa do artista plástico e grafiteiro baiano Zezé Olukemi.

“Eu me lembro de uma pessoa caminhando na Rua General Labatut, indo para o ensaio da peça Filhos do Kaos, de Fábio Viana”, relata Valdeck. Para ele, esta imagem não é real, pois esse encontro nunca aconteceu. Mas a partir daí surgiu uma amizade pela internet com a pessoa em questão, que se mantém por mais oito anos, inclusive com ligações telefônicas e viagens pela fantasia. Após colecionar centenas de páginas de conversas através de redes sociais, surgiu a vontade de transformar tudo em poemas e publicar, para concretizar um sentimento que dominava e era muito mais que real. O processo durou dois anos de escrita, reescrita, faz e refaz até a versão final. Depois de conhecer a arte de rua de Zezé Olukemi, veio o desejo de ilustrar o livro e esta jornada tomou mais um ano. No meio do caminho, no Encontro Nacional de Escritores da Colômbia, o jornalista Valdeck conheceu a tradutora Gladys Mendía que fez a transição do português para o espanhol e, de outro encontro, em Salvador, com o poeta Julio César Bustos, veio a revisão final do livro. Pronta a versão espanhola, já era mais que hora de montar a obra e publicá-la.

Com título duplo, que em língua castelhana significa “Poesías al Viento: Veinte Poemas de Amor y una crónica desesperada”, a homenagem a um amor secreto, agora partilhado com leitores de idiomas diferentes, circula na internet em formato eletrônico e também em papel, para os amantes do tradicional. Aqui tem uma dica para quem deseja seguir os rastros do vento e descobrir quem inspirou o poeta: “Para uma miragem que povoa meu imaginário faz anos... que nem sei se é imagem ou invenção, se é sonho ou ilusão de minha mente. Esta miragem sabe de mim e de muito mais...”


Fonte:

Você já leu Memorial do Inferno, de Valdeck Almeida de Jesus?

Followers

About Me

My photo

VALDECK ALMEIDA DE JESUS nasceu em Jequié, Bahia, em 1966. Jornalista, trabalha, atualmente, como funcionário público, editor de livros e palestrante. Publicou os livros Memorial do Inferno: a saga da família Almeida no Jardim do Éden, Feitiço contra o feiticeiro, Valdeck é Prosa e Vanise é Poesia, 30 Anos de Poesia, Heartache Poems, dentre outros. Participa de mais de 30 antologias. É organizador e patrocinador do Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus de Poesia, desde 2005. Expõe seus textos no site www.galinhapulando.com

Contato com o autor: poeta.baiano@gmail.com

Minhas Músicas


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com