Saturday, September 12, 2009

Projeto Pão e Poesia abre inscrições


Em qualquer esquina, em qualquer padaria...

Ao todo serão classificados 102 poemas, divididos em quatro categorias


Estão abertas até o dia 30 deste mês, as inscrições para a segunda edição do “Pão e Poesia – em qualquer esquina, em qualquer padaria” – projeto que consiste na impressão de poemas e obras de artistas plásticos em embalagens para pão. A iniciativa, além de abrir espaço para novos escritores, visa aproximar as obras poéticas do público, despertar o gosto pela leitura e o interesse das pessoas pela poesia, fazendo a literatura circular.


Idealizado pelo artista mineiro Diovvani Mendonça, o projeto está sendo viabilizado por meio do 1º Prêmio Pontos de Mídia Livre do Programa Cultura Viva do Ministério da Cultura (MINC) em parceria com o Instituto Aprender Profissionalizar (organização não governamental), sediado em Belo Horizonte.


A exemplo de 2008, os saquinhos de papel, apropriados para contato com alimento, serão produzidos no conceito *CARBO-NEUTRO, neutralizando assim as possíveis emissões de gases de efeito estufa (GEE) - aliando arte e responsabilidade ambiental.


“Além de incentivar a leitura e a produção de textos poéticos entre os cidadãos, nosso objetivo é também conscientizar e incentivar os proprietários de padarias na redução do uso de sacolas plásticas”, enfatiza Diovvani.


Os poemas selecionados, num total de 102, serão publicados em 120 mil embalagens e doadas, preferencialmente, às padarias das periferias da Capital e das cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O projeto é aberto ao público em geral e cada participante poderá se inscrever com até três poemas, nas seguintes categorias:


Haicai: poemas de três versos
Trova: poemas de quatro versos
Soneto: poemas de 14 versos
Verso livre: poemas de até 30 versos


Os organizadores esperam receber um número superior ao da edição anterior, quando o projeto recebeu quase duas mil inscrições, vindas de vários estados brasileiros, de Portugal e Itália.
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail paoepoesia2009@gmail.com até o dia 30 de setembro (quarta-feira) de 2009. Ou pelos Correios, com data de postagem até o dia 25 de setembro. Acesse o regulamento nos sites http://www.paoepoesia.org/ e http://www.iaprender.blogspot.com/.

*CARBO-NEUTRO foi concebido para neutralizar total ou parcialmente qualquer atividade humana, seja, profissional, empresarial, industrial, administrativa ou cotidiana, que pode ser ligada direta/indiretamente aos produtos ou serviços que a empresa ofereça ao mercado, a processos, ações próprias ou terceirizadas. O programa ainda permite neutralizar viagens ou locomoção de executivos e funcionários, canais de distribuição, atividades de comunicação, promoção e eventos próprios ou patrocinados, e se estende a consumidores, funcionários e colaboradores que tenham interesse pela adesão.


No comments:

Você já leu Memorial do Inferno, de Valdeck Almeida de Jesus?

Followers

About Me

My photo

VALDECK ALMEIDA DE JESUS nasceu em Jequié, Bahia, em 1966. Jornalista, trabalha, atualmente, como funcionário público, editor de livros e palestrante. Publicou os livros Memorial do Inferno: a saga da família Almeida no Jardim do Éden, Feitiço contra o feiticeiro, Valdeck é Prosa e Vanise é Poesia, 30 Anos de Poesia, Heartache Poems, dentre outros. Participa de mais de 30 antologias. É organizador e patrocinador do Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus de Poesia, desde 2005. Expõe seus textos no site www.galinhapulando.com

Contato com o autor: poeta.baiano@gmail.com

Minhas Músicas


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com